Ato Solene marca Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

O evento aconteceu nesta segunda-feira (12/06), na Assembleia Legislativa de São Paulo

imagem

12 de junho: Dia de Combate ao Trabalho Infantil

imagem

12 de junho: Dia de Combate ao Trabalho Infantil

imagem

12 de junho: Dia de Combate ao Trabalho Infantil

imagem

12 de junho: Dia de Combate ao Trabalho Infantil

Nesta segunda-feira, dia 12 de junho, o secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, participou do seminário sobre o “Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil”. O evento foi realizado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na Avenida Pedro Álvares Cabral, 201 – Parque do Ibirapuera – São Paulo, no Auditório Paulo Kobayashi.

O objetivo do encontro é mobilizar os municípios para o combate às piores formas de trabalho de crianças e adolescentes. No evento, foram debatidos ações de prevenção e o incentivo à aprendizagem.

Além disso, houve o lançamento da campanha virtual “Chega de Trabalho Infantil”. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo busca sensibilizar o público por meio das redes sociais com a hashtag #ChegaDeTrabalhoInfantil em parceria com a Rede Peteca, ONG que mobiliza ações contra o trabalho infantil no Brasil.

Estiveram presentes também o deputado estadual, Marco Vinholi; a secretária de Estado Adjunta de Desenvolvimento Social, Marina Bragante; a procuradora do Trabalho, Elisiane dos Santos; o auditor Fiscal do Trabalho, Eduardo Belarmino Cunha Azevedo; o desembargador João Batista Martin César; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Vitor Benez Pegler; a coordenadora estadual do Programa Criança Feliz, Ligia Pimenta; e a gestora e Editora da Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil, Ana Luisa Vieira.

Na última sexta-feira, o Governo de São Paulo instituiu o decreto 62.624, de 8 de junho de 2017, que cria a Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e de Proteção ao Trabalhador Adolescente. A finalidade é propor mecanismos para a prevenção e enfrentamento do trabalho infantil e assegurar a execução do Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador, no Estado.

De acordo com o secretário Floriano Pesaro, o trabalho infantil rouba o que a criança tem de mais precioso: o direito de ser e de viver como criança. “E, ao contrário do que possa sugerir a velha premissa, “trabalho não enobrece a criança”. Rouba-lhe a infância e abrevia seu precioso tempo de formação física,

 

Assessoria de Imprensa

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social

Fone: (11) 2763-8323/ (11) 2763-8131

socialsaopaulo@gmail.com

Voltar para o topo