Governo de SP distribui 1.000.000 de cestas de alimento para população em extrema vulnerabilidade

Ação articulada com empresários soma investimento de R$ 110 milhões

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social anuncia o projeto ‘Alimento Solidário’, em parceria com empresas privadas, com o objetivo de entregar 1 milhão de cestas de alimento com reforço proteico às famílias em situação de extrema vulnerabilidade social, principalmente neste momento de pandemia do covid-19.

“Atualmente, por todo o Estado, temos 4 milhões de pessoas que vivem na extrema pobreza, isto é, com renda de até R$ 89,00 per capita mensal”, conta Célia Parnes, Secretária de Estado de Desenvolvimento Social.

Com início no dia 17/04, as famílias em situação de extrema pobreza, cadastradas no CadÚnico (cadastro federal oficial para inclusão em programas de assistência social e transferências de renda), receberão as cestas via Rede de Assistência Social Municipal com o apoio das Diretorias Regionais de Assistência Social, mediante comprovação do número de identificação social (NIS).

“O ‘Alimento Solidário’ é um projeto que, com a doação de empresários, vem ao encontro a necessidade existente com a urgência que precisamos nos 645 municípios do Estado. ”, finaliza a Secretária.

A cesta de alimento foi elaborada em parceria com a nutricionista chefe do Hospital Israelita Albert Einstein, Luci Uzelin, e contém 7 fontes de proteínas diferentes (feijão, leite em pó, sardinha, linguiça e ervilha), além de outros produtos para a alimentação de uma família com 4 pessoas por um mês.

Confira o cardápio aqui.

‘Alimento Solidário’ é uma iniciativa que pode se estender por 2 meses, chegando a um total de investimento de R$ 220.000.000,00 para garantir a refeição e proteção social de 4.000.000 pessoas em todo o Estado.

Voltar para o topo